"Não pode haver tributação sem representação" Magna Carta Inglesa de 1.215 - blog do [CUNHA]- "Regras não são necessariamente sagradas, princípios sim." - Frankiln D. Roosevelt - blog do [CUNHA]- "A verdade é inconvertível, a malícia pode atacá-la, a ignorância pode zombar dela, mas no fim; lá está ela."(Winston Churchill) - blog do [CUNHA]- “Aprendei a fazer o bem; atendei à justiça, repreendei ao opressor; defendei o direito do órfão, pleiteai a causa das viúvas” Is1.17 - blog do [CUNHA]- "Na árvore do saber, os conceitos equivalem aos frutos maduros." Miguel Reale - blog do [CUNHA]- "As ideias podem brigar, as pessoas não." - blog do [CUNHA]- "Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças; porque no Seol, para onde tu vais, não há obra, nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma". Ec. 9.10 - blog do [CUNHA]- "Quando se quer mudar os costumes e as maneiras, não se deve mudá-las pelas leis" Montesquieu - blog do [CUNHA]- "Um mentiroso dizer a verdade é pior do que um amante da verdade mentir" Bonhoeffer - blog do [CUNHA]- “Somente quem sabe o porque da vida é capaz de suportar-lhe o como.” Nietzsche - blog do [CUNHA]- "Trabalhar é cooperar com Deus para colocar ordem no caos." Bispo Desmond Tutu - blog do [CUNHA]- “Quem aufere os cômodos, arca também com os incômodos.” - blog do [CUNHA]- "Para quem não sabe aonde vai, qualquer rua serve." - blog do [CUNHA]- "Muita coisa que se diz vanguarda é pura incompetência." Barbara Heliodoro - blog do [CUNHA]- "Ubi societas, ibi jus" - Onde há sociedade, aí há Direito! - blog do [CUNHA]- "Bem-aventurados os que têm fome e sede de Justiça, porque serão Fartos". (Mateus 5:6) - blog do [CUNHA]- "Se a Constituinte não há de ser lei eterna, também não haverá de ser um boneco de cera que se amolde ao sabor dos interesses do momento" - blog do [CUNHA]- “Em toda sociedade em que há fortes e fracos, é a liberdade que escraviza e é a lei que liberta". (Lacordaire)- blog do [CUNHA]- Art. 187. "Também comete ato ilícito o titular de um direito que, ao exercê-lo, excede manifestamente os limites impostos pelo seu fim econômico ou social, pela boa-fé ou pelos bons costumes". CCB/2002 - blog do [CUNHA]- "Estudar o direito é, assim, uma atividade difícil, que exige não só acuidade, inteligência, preparo, mas também encantamento, intuição, espontaneidade. Para compreendê-lo é preciso, pois, saber e amar. Só o homem que sabe pode ter-lhe o domínio. Mas só quem o ama é capaz de dominá-lo rendendo-se a ele" Tércio Sampaio Ferraz Jr - blog do [CUNHA]- "Também suborno não tomarás; porque o suborno cega os que têm vista, e perverte as palavras dos justos." Ex 23.8 - blog do [CUNHA]- “Não se pode querer, efetivamente, o que a Lei proíbe." - blog do [CUNHA]- "A continuidade do uso da palavra pode esconder a descontinudade das práticas." - blog do [CUNHA]- “Se as coisas são inatingíveis...ora!/Não é motivo para não querê-las.../Que tristes os caminhos, se não fora / A presença distante das estrelas!” Mário Quintana - blog do[CUNHA]- "Compra a verdade e não a vendas; compra a sabedoria, a instrução e o entendimento". Pv 23.23- blog do [CUNHA]-

quarta-feira, 2 de março de 2011

Cheque especial e empréstimo pessoal. Como escolher?

Instituições financeiras passaram a cobrar mais pelo uso do cheque especial e do empréstimo pessoal entre janeiro e fevereiro, segundo Procon

O custo do cheque especial pode variar até 72% entre os bancos, considerando a taxa média praticada em fevereiro. De acordo com pesquisa da Fundação Procon de São Paulo, apurada junto aos principais bancos de varejo do país, no segundo mês do ano, a taxa média do cheque especial apresentou acréscimo de 0,16 ponto percentual na comparação com janeiro, enquanto o juro do empréstimo pessoal ficou 0,05 p.p. mais alto.

Modalidade de crédito pré-aprovado mais utilizada pelos brasileiros, o cheque especial teve sua taxa média alterada de 9,13%, praticados em janeiro, para 9,29% em fevereiro. Neste caso, cinco bancos elevaram suas taxas: Bradesco (de 8,45% para 8,79% ao mês), Santander (de 9,66% para 9,96%), HSBC ( de 9,55% para 9,80%), Banco do Brasil ( de 8,05% para 8,15%) e Itaú ( de 8,75% para 8,85%). Considerando a taxa mais baixa, da Caixa, e a mais alta, do Banco Safra, a variação é de 72% ou de 5,15 pontos percentuais.

No caso do empréstimo pessoal, o juro médio passou de 5,34% para 5,39% mensais. Itaú e Bradesco são apontados como responsáveis pelo acréscimo, já que subiram a taxa da modalidade de crédito pessoal de 6,02% para 6,30% mensais e de 6% para 6,04%, respectivamente.



Como explicar a diferença entre as taxas, se as duas modalidades de empréstimo são oferecidas pelo mesmo banco? O cheque especial é um crédito automático, concedido antecipadamente para o cliente. Ou seja, ele é prático e rápido, e essas características têm preço – alto – para o consumidor.

O empréstimo pessoal não é tão automático assim: em alguns casos o cliente já tem limites pré-aprovados, mas em outros a concessão do financiamento passa pela aprovação do gerente. Isso torna o processo mais seguro para o banco, e essa segurança vale dinheiro para o banco – que cobra juros menores.

Qual o melhor? O cheque especial serve para emergências, como faltas esporádicas de caixa ou atrasos de pagamento. “Não se usa o cheque especial por longos períodos, assim como não se vai de táxi de São Paulo a Porto Alegre”, diz o consultor financeiro Fábio Colombo.

Se a necessidade de caixa que parecia esporádica mostrar-se prolongada, a recomendação dos especialistas é contratar um empéstimo pessoal com o banco e, com ele, cobrir o buraco do cheque especial.

A diferença compensa: supondo-se que um banco cobre as taxas médias de 8,93% ao mês no cheque especial e 5,17% ao mês no empréstimo pessoal, quem financiar R$ 20 000 por um ano vai deixar de pagar R$ 19 200 em juros. No cheque especial, essa dívida após 12 meses seria de R$ 55 820. No empréstimo pessoal, de R$ 36 620. Bastante alto, mas bem menos.


Fonte: http://www.jornalcash.com.br/?p=2324 c/c http://colunistas.ig.com.br/seudinheiro/2010/02/11/cheque-especial-e-emprestimo-pessoal-como-escolher/

Nenhum comentário:

Postar um comentário